terça-feira, 6 de março de 2012

Devaneios



somente a noite me sinto em paz, e quando estou só com minha loucura neo preciso fingir q sou normal meus pensamentos (setornam concretos e) voam na minha frente as ideias se concretizam o imaginario se torna real ( ou sera o contrario ) so sei q nada sei e que aqueles doendes arruaceiros esconden minhas coisas enquanto os leprechauns dançam em cima da minha cama. seres magicos transitam de um lado para outro versos flutuam.
batalhas epicas sao travadas ( com frequencia) (com ) guerreiros com seu rigoroso codigo de honrra, magos, feiticeiros, um hobit um orc ( anao) bebado essa e a realidade q outros nao veem seres de diferentes culturas dragoens chineses e nordicos, duendes,leprechaus,gnomos (,anoes) e olha quem chegou nosso amigo q mora em uma montanhaproxima o fingafor,sim o proprio, e assim, conversando, dançando, brigando e bebendo terminamos a noite todos derrubados pelos cantos.
no dia seguinte todos ja se foram e eu volto ao "mundo real" onde todos so olham para frente, pessoas pressas na rotinana, no corre-corre das metropoles,as veses um dos meu amigos passa uma dia aqui comigo, dizem q converso sozinho mas sao eles q nao tem a capacidade de ver o mundo magico q esta em volta.
06/08/2010

1 comentários:

Tálida Cunha disse...

Olá, desculpe me intrometer assim no seu Blog.
Só gostaria de dizer que lhe indiquei para o "selo de qualidade" pois gosto muito de seu Blog!
Basta pega-lo nesta página: http://tlidameublog.blogspot.com/2010/12/selo-de-qualidade.html
E seguir as regrinhas para passa-lo adiante.
Parabéns pelo Blog !

Postar um comentário